Movimentos Literários seus principais autores e sua ligação com a História
urs.bira@uol.com.br

Imprimir esta página Home page de Ubiratan Voltar à página anterior

Império Khmer - 600 - 1300 -

A religião vigente no Império Khmer incluiu várias deidades hindus cultuadas pelos povos anteriores às suas conquistas. Sob este Império, foi construído um grande templo, que serviria de local sagrado para as cerimônias reais; o templo de Angkor possuiu dimensões monumentais. O Império Khmer passou a dominar um reino anterior que já havia estendido seus domínios comerciais e políticos até os territórios persas.

Dadas suas disposições em grupos diversos, alguns povos que se estabeleceram nas regiões do sudeste da Ásia foram facilmente expulsos por um povo conquistador migrado das regiões da China e do Tibete. Isto ocorreu há cerca de 2500 anos atrás, quando este povo foi responsável pela introdução de práticas religiosas de características hindus. O povo conquistador trouxe consigo práticas de agricultura baseadas no cultivo de tubérculos e arroz, práticas estas que mais tarde foram introduzidas por este mesmo povo na África. Já havia também a presença hinduísta no conjunto da produção literária, assim como as idéias budistas também se afiguravam. Aliás, as tendências religiosas budistas chegaram, neste período, a se estender para regiões mais longínquas, como por exemplo foi o caso dos territórios insulares de Java, onde a dinastia budista dos Sailendras exercia controle.

Perdendo territórios ao noroeste, o Império Khmer foi substituído pelo reino Nam-Viet no século X. Este reino portava características culturais de origem chinesa por terem sido dominados pela China por cerca de um milênio.

Retorna

Fonte: •Enciclopédia Digital 99 • ( Literatura e Leitura )•